terça-feira, 19 de abril de 2011

Ido e vão

Loucura, angústia, aflição
Sem saber de fato, ser correspondido
Ou não, sei lá, estou perdido
Me perdendo numa vida sem perdão

O que fazer, então, entorpecido?
Duvido que não tenha solução,
que nada venha nos dias que virão
Que eu tenha nela me esquecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são livres. Sua opinião será levada em consideração para as próximas postagens.